sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Safe and Sound-Capítulo 10-Inocência impetuosa.

             
"não tenha medo do caminho.tenha medo de não caminhar...."

                 Justin Modo On

#1 dia antes...

Justin:Acha mesmo que,ela daria a vida pra proteger a irmã?eu tenho certeza que não.-disse após quase enfiar a faca na cabeça da garota.

Jason:e daí?

Justin:Precisamos ser rápidos.eu já tenho um plano em mente.eu preparei isso.depois explico como funciona.-O entreguei um chip e,lhe contei o plano.

#1 dia depois....

Não era minha intenção deixá-la desesperada mas,é bom vê-la assustada.me indica que estou no poder.Percebi que não valia a pena o que estava fazendo então a joguei o roupão de banho.

Pude observá-la se cobrir pela transparência da porta do box enquanto sua respiração estava ofegante.

Justin:Calma,querida.-Abri a porta do box rapidamente.lágrimas brotaram de seu rosto,e,ela recuou pra trás com medo.

Lorena:fique longe de mim.-ela tentou correr mas,seu cabelo enorme se alinhou no arame da porta.aproveitei sua situação para ajudá-la. 

Assim que a soltei,ela me empurrou e,correu para o andar de cima.a segui mas,andando calmamente.

Justin:só quero conversar.-ela começou a gritar igual uma maluca o nome de Jason novamente.

Justin:ele saiu e,não vai voltar tão cedo.

Lorena:ele nunca me deixaria aqui sozinha com você!-ela abriu uma porta entrou no cômodo e,a fechou.

Justin:Do mesmo jeito que ele prometeu que nunca deixaria alguém a machucar?

Lorena:o que você fez com ele?-girei a maçaneta da porta e,tentei a abrir.ela estava tentando trancar a porta com o corpo.tadinha.

Justin:eu nada.ele saiu por pura e,espontânea vontade.ninguém consegue ficar preso dentro da própria casa por muito tempo sem sair não é?

eu sei que ela não vai responder já que,nunca teve especificamente uma casa.

Lorena:me deixe em paz.-ela estava chorando.percebi pelo tom de sua voz.

Justin:eu não vou te machucar.prometo.

Lorena:o que você quer?

Justin:que você confie em mim.consegue fazer isso?

Lorena:não.-estou tentando ser o mais calmo e,simpático possível mas,não está adiantando.

Justin:se confiar em mim,vou te mostrar coisas incríveis.

Lorena:eu já quase vi a morte em sua incrivilidade muitas vezes então,não obrigada.

....


Ela desceu novamente a sala me apontando uma arma.onde ela encontrou isso?a ignorei,sabendo que ela nunca teria coragem nem de olhar para alguém direito,quanto mais atirar em mim.

Pus minha revista de lado e,a encarei.

Justin:agora está pronta pra conversar?

Lorena:o que você fez com o Jason?cadê ele?-achei engraçado ela me ameaçando.

Justin:eu já disse.ele saiu!

Lorena:é mentira.-percebi o quanto a arma tremia em sua mão.me levantei,andei em sua direção a fazendo estreitar os olhos e,me ameaçar de atirar.

Sem complicação,tirei a arma de sua mão e,a abri,procurando por balas.a arma estava descarregada.eu ri.

ela pôs-se a correr novamente.não a segui.

                              Jason Modo On

Finalmente consegui sair de casa.aproveitei pra tragar alguns cigarros e,Beber um pouco.Voltei pra lá por volta das 23:00hs da noite,pronto pra ligar para a funerária pra o Justin.também,me armei caso ela tenha tramado algo.

Destranquei a porta e,cautelosamente entrei.o andar de baixo estava silencioso.tranquei a porta atrás de mim,e,procurei por algum vulto.Subi para o andar de cima e,abri a porta do meu quarto.

Eu sabia!Lorena estava em cima do Justin o enforcando.é hoje que meus problemas acabam.Rick vai ter que achar outro meio de arrancar obter informações do plano de Lorranie.não vou deixar uma assassina viva em minha casa.

uma hora ou outra,ela teria que morrer mesmo.

Andei em sua direção e,a arranquei com força de cima do Justin a jogando contra a cômoda.Vários vidros quebraram em cima dela.Apontei a arma em direção a sua cabeça,e,apertei no gatilho.mas,senti antes algo me puxar pra trás.mesmo assim,já era tarde de mais.

Continua....

                     
oii.
Bom,eu não sei se vou continuar no blog.é que,estou muito desanimada sabem?eu quero gastar o meu tempo com outras coisas mas,por causa do blog,eu sempre fico presa.então,"eu acho" que vou parar de postar no blog.não tenho certeza ainda.

Bom,é isso.

Bye.

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Safe and Sound-capítulo 9-Desespero em dobro.+ Selinho :))

"não prometa uma coisa que,sabe que não vai poder cumprir."                     

                     Lorena Modo On

Gritei o mais alto que pude enquanto a mão de Justin apertava meu pescoço.Fiquei mais horrorizada ainda.

Justin:quanto ela te pagou?-ele gritou.continuei muda.não consigo entender porque ele está fazendo isso.seu rosto estava a menos de 2 centímetros do meu.sua saliva salpicava meu rosto a cada gritada dele.

Justin:Responde P*rra!-tentei gritar mas,não consegui.a ponta da faca dói tanto quase perfurando minha cabeça.Após alguns segundos ele me soltou me jogando com força no chão.Tossi sem parar procurando folego.

passei a mão na cabeça e,ela sangrava.cada pessoa que conheci até agora,é uma mais ruim,cruel e,mal do que outra.porquê?não consegui segurar mais o choro.me encolhi no canto do banheiro com medo.senti o olhar de Justin me observar.escondi o rosto acima dos joelhos e,prendi meus braços em volta da minha cabeça.

ouvi o ranger da porta e,ela fazer um barulho forte ao fechar.

....

Acordei assustada com o som da porta do banheiro abrindo.

tirei o rosto pra fora da escuridão a qual ele estava enterrado.era o Jason.senti alívio e,ao mesmo tempo um tanto de raiva.ele viu o que Justin fez comigo e,nem se preocupou em me ajudar.ele prometeu que iria me manter bem.

Jason:me surpreendeu.passou 3 horas aqui,sem gritar ou,me chamar.-ele riu.essa é a primeira vez que o vejo sorrir.e o sorriso dele é lindo.mas,não sorri de volta.o encarei com uma expressão fria.e,ele percebeu isso.

Jason:eu não tentei fazer nada porque,eu sabia que ele não mataria você.-desviei meus olhos dele com raiva.

Lorena:você prometeu.prometeu que não deixaria ninguém me machucar.ele me machucou.

Jason:eu tentei.ele é cabeça-dura.ele faz o que quer e,ninguém consegue o impedir.

Lorena:Porquê?o que foi que eu fiz?Porque não tentou o parar?-perguntei inconformada.ele demorou a responder.

Jason:eu não sei.-seus olhos me diziam outra coisa.ele sabia o porquê mas,não quer me contar.e,também,ele não gosta nem um pouco de mim.nem sei porque ele ainda me deixa em sua casa.

Lorena:ele ainda está aí?-perguntei me encolhendo na parede com medo.

Jason:aham.ele vai ficar aqui um tempo.-o olhei assustada e,meu corpo tremeu.

Lorena:q-quanto tempo?

Jason:alguns dias.-ele pegou meus braços e,me ergueu.-não faça drama!-ele ordenou me empurrando pra porta.-ele não vai te fazer mais nada.-ele abriu a porta e senti o medo novamente me consumir.

.....

Justin:bu!-automaticamente,apertei o braço de Jason ao meu lado tentando esconder,meu rosto em seu ombro.Justin riu do meu susto.

Jason:você dorme na cama improvisada lá em cima.não quero meu sofá fedendo a cachaça.-Justin sorriu sínico.grosseiramente,Jason tirou minha mão de seu braço se afastando de mim enquanto eu me sinto constrangida.

....

Ao menos,uma notícia boa ganhei hoje.quer dizer,não tão boa porque,Jason não gosta nem um pouco de mim mas,eu vou dormir com ele.

Jason:P*rra fica quieta.-ele disse enquanto colocava um curativo na área que sangrava na minha cabeça.

Desci da beirada da pia,e,segui ele até o seu quarto.enquanto ele estava virado de costas me troquei.agora são umas 2:00hs da manhã.nunca fui dormir tão tarde.

....

a respiração dele batia em meu rosto já que,eu estava mais pra baixo da cama.não sei como mas,ele não me olhou feio por me aproximar um pouco mais dele.é incrível essa sensação de segurança que sinto quando estou perto dele.mas,não gosto de admitir isso.

.....

Jason:que merda!-acordei com ele gritando.esfreguei os olhos com a mão,absorvendo a imagem dele socando um aparelho na parede.senti frio.há anos nunca senti frio porque,lá no P.P.Q.A existem milhares e,milhares de ar condicionados.

Mas,é sério,aqui está muito frio.tentei me aquecer debaixo dos cobertores mas,não adiantou até que,comecei a ranger os dentes.

Lorena:o que aconteceu?

Jason:essa merda de ar condicionado quebrou.tinha que ser justo no inverno?-ele estava muito nervoso.após alguns segundos batendo no ar-condicionado,ele olhou pra mim.Por dentro meu corpo aqueceu mas,por fora,ele está congelando.Como ele consegue causar isso em mim?

o que se chama isso?

ele abriu o guarda-roupa e,tirou de cima dele uns três cobertores grossos e grandes.ele os abriu e,os jogou sobre mim mas,com cuidado.fiquei feliz.não sei,talvez porque,eu sempre quis que meu pai me cobrisse se eu fosse eu ia dormir quando ainda era pequena mas,nunca tive essa chance.

....

Jason:já cansou de se aproveitar de mim?-acordei com o som de sua voz grossa e,nervosa.me senti envergonhada por perceber que,eu havia me grudado nele.eu já deveria ter saibo que,se ele pudesse,nem triscaria em mim.

envergonhadíssima,me afastei dele,indo pra o outro canto da cama.ele se levantou,se alongou.

Lorena:bom dia!-tentei acabar com esse clima de tortura que está me incomodando.

Jason:não me diga bom dia.hoje definitivamente,não é,e,nunca será um bom dia.-isso é uma indireta para o que acabou de acontecer enquanto dormíamos.como eu sou idiota.
me levantei e,tentei o ajudar a arrumar a cama.

Jason:você não sabe nem arrumar o cabelo,vai saber arrumar uma cama.-ele "arrancou" minhas mãos do lençol.

....

ele ficou me olhando na porta enquanto eu escovava meus dentes,lavava o rosto e,tentava desembaraçar meu cabelo.meu corpo estremeceu quando vi Justin aparecer na porta do banheiro.corri para trás de Jason morrendo de medo.

Justin:-rindo-Bom dia pra você também Lorena.-ele falou sarcasticamente e,entrou no banheiro.como ele sabe meu nome?

Lorena:porque ele tem que ficar aqui?

Jason:porque sim.-ele me puxou para o andar de baixo e,seguimos para a cozinha onde ele pegou um pote,despejou bolas marrons,leite,e,o pôs na minha frente.

Lorena:isso é....?

Jason:cereal.-ele pegou um colher e,a pôs dentro do pote com ignorância.Provei e adorei.é de chocolate.sempre quis experimentar chocolate.

.....

Passamos o resto da tarde,já que acordamos umas 11:00hs da manhã,Produzindo a arma superzônica.quer dizer,eu produzi.tenho certeza que,amanhã,vou conseguir fazer uma.é que,as peças são extremamentes difíceis de colocar e,a arma é tão detalhada.

.....

Jason:já terminou?-sua voz estava meio estranha do outro lado do box.

Lorena:quase.-Molhei os cabelos que acabara de lavar e,estendi a mão para fora da porta.-Toalha?

Jason:não precisa de toalha amor.-Pude perceber na hora que essa voz de sarcasmo não se iguala nenhum pouco a do Jason.era o Justin.

Ele tentou abrir a porta mas fiz força para mantê-la fechada enquanto gritava.

Justin:sim fofinha.essa noite vamos ser só você e,eu.-me desesperei mais ainda.

continua.....

            

Hi Girls!
Td bem?espero que tenham gostado desse capítulo.
Lol.Nossa,sério,obrigada por estarem comentando :3
Espero que comentem nesse também.*o*

Bjs.até o próximo capítulo.

6º Selinho do blog:



Regras:

   - Agradecer a pessoa que te indicou e colocar o link
  - Indicar  blogs
 - Avisar os blogs sobre a indicação
  - Escrever 7 coisas que você gosta

---
Obrigada ao Fofo do Luizinho que me deu esse selinho ----->>>

Eu indico esses Blogs:

Bieber forever Together,Imagine com Jason Mccann,Stories of Swag,Stories Beliebers, - 

7 coisas que gosto(kk'lá vai eu de novo):

Gosto de cantar.
Gosto de dançar.
Gosto de música.
Gosto de escrever(na verdade,Amo.)
Gosto de ler.(tbm Amo)
Gosto de Mousse de maracujá.
Gosto de Inúmeros artistas,alguns eu amo de montão,como o Justin,Demi,Ariana,Bridgit,Avril....(a lista é grande).

_____________________________________________________________________________
:)



domingo, 1 de setembro de 2013

Safe and Sound-Capítulo 8-lightweight


"eu sou um peso leve,fácil de cair,fácil de quebrar."

                      Lorena Modo On

Foi horrível.nunca fiquei tão horrorizada em minha vida.como ele pode ter coragem de machucar gravemente uma pessoa igual a ele?igual a ele,tanto na aparência física quanto na psicológica.

Me sentei na cama,esperando impaciente ele voltar.ele disse que precisava resolver um assunto sério e,que eu não poderia interromper nem estar presente.mas,não quero ficar nesse quarto sozinha.esse é o quarto dele.

é bem grande e,tem seu cheiro em tudo.estou morrendo de medo de,alguém entrar aqui e,me fazer algum mal.após uns 5 minutos que eu estava quase a ponto de chorar de pavor ele voltou.

Jason:morreu por ficar 2 segundos sozinha?-ele entrou no quarto segurando várias sacolas grandes.

Lorena:foram 6 minutos.-ele me encarou.

Jason:Grande merda.-porque ele gosta de falar palavras assim tão implícitas?me levantei,e,amarrei a toalha de banho direito em mim.

Lorena:quem é ele?-ele deu de ombros,pôs as sacolas em cima da cama e,foi pra o canto do quarto.sentou-se em uma cadeira virando de costas pra mim.

Jason:são suas as coisas na sacola.-sim.essa é a sua mesma voz de sempre.a voz grossa,um tanto rude e,um tanto cansada.

Abri as sacolas e,haviam roupas,peças íntimas,acessórios,Produtos para o corpo,toalhas, escovas de dente,sabonetes,absorventes higiênicos,shampoos,cremes,escovas de cabelo, chinelos,sandálias etc.

As roupas eram extravagantes.nunca usei nem vi roupas assim na minha vida.algumas eram melhores do que a que usei ontem a noite outras,um pouco piores.

Lorena:obrigada.

Jason:vista-se logo.-Peguei as peças mais descentes que achei e,as vesti.

Lorena:pode virar.-ele me olhou,e,meu corpo formigou quando ele prendeu seus olhos em mim.-mas,não me olhe muito.principalmente,não me olhe assim por favor.me deixa incomodada.-tentei ser o mais educada possível.

Jason:como se eu fosse gastar minha vistas vendo você de shorts.fica parecendo uma cabra cheia de pena.-me ofendi.muito.abaixei a cabeça evitando não mostrar o quanto ele me ofendeu.eu já devia ter entendido que,Jason não gosta nem um pouco de mim.

está só me suportando porque,precisa que do que eu sei fazer.

Jason:eu estava brincando.não precisa se ofender.-o olhei e,pela primeira vez,seus olhos mostravam sinceridade.ele não estava sendo irônico,grosso,ou rude comigo.fiquei feliz por dentro mas,não sorri por fora.

....

Jason:se concentra.-assenti e,olhei para o enorme telão escrito "START".é bem difícil me concentrar no vídeo Game enquanto seu braço está roçando no meu,causando me formigamentos.será que ele sente isso também?

Jason:LORENA!-ele gritou pela milésima vez.-é a quinta vez que você me mata!você tem que matar a droga do Poolsh!

Lorena:o Push não está usando drogas.você sabe o que droga pode causar a pessoa?-ele revirou os olhos bufando.

Jason:esquece!-ele pegou o controle da minha mão,e,desligou o vídeo Game.fiquei zangada.eu gostei de jogar.principalmente do lado dele.

Lorena:desculpa.-me encolhi no sofá.

Jason:não precisa pedir isso.-ele respondeu zangado.não pelo o que ele fez,mas,por mim ter estragado seu jogo.ele ligou a TV e,se jogou no sofá.gostei da sensação de ter o calor dele por perto.é uma coisa meio estranha de admitir já que,nunca senti isso antes.

ele prendeu seu olhar em mim por alguns segundos,e,percebi que ele queria sorrir mas,virou pra frente e,desligou a TV.

Jason:você tem quinze anos. já terminou os estudos?-ele me olhou novamente,fazendo meu rosto queimar a ponto de eu ter que desviar o olhar.

Lorena:sim.

Jason:como funciona lá?

Lorena:nós temos que produzir elementos,produtos e,coisas tecnológicas para o mundo.mas,quem é reconhecido pelo o que nós fazemos são outras pessoas.por exemplo, a maioria das coisas ultratecnológicas que criamos,quem as compra,são os chineses.

Jason:fala outra coisa.

Lorena:não podemos nos comunicar com ninguém que não somos permitidos a falar pelos superiores.O dono do local tem medo que,nós nos apegue-mos a alguém e,nos desligue-mos da nossa função.ou seja,fomos feitos pra sermos robôs.só que com alma e,coração.

Viro o rosto me sentindo constrangida e,aflita por dizer-lhe estas coisas.isso me machuca tanto.

Lorena:eu não quero voltar...-escondo meu rosto com as mãos.não quero que ele me veja chorar.na verdade,eu não quero chorar mas,é algo impossível.só de pensar em passar o resto da minha vida presa,eu quase entro em depressão.

Lorena:eles são tão cruéis.eles são tão ruins.-digo entre soluços ainda tapando o rosto.após alguns segundos me contive,por saber que,ele não iria me consolar.na verdade,ele nem tentou.

limpei o rosto e,o olhei.sua expressão era a mesma de sempre.como eu sou tola.achei que ele ia mesma sentir pelo menos pena de mim.pelo menos,dizer um "vai ficar tudo bem,eles não vão te pegar".

Senti novamente vontade de chorar por,não estar conseguindo nada do que eu planejei quando pensei em fugir.eu realmente só me iludi. 

Lorena:só me prometa uma coisa?-ele assentiu.-não conte nada disso,nunca,pra ninguém.-ele assentiu novamente.

.....

Jason:Justin não desse jeito!-ouvi Jason gritar do outro lado da porta do banheiro.bateram na porta,terminei de lavar o rosto e,a abri.Aquele garoto de hoje de tarde estava com uma faca enorme na mão a me encarar.gelei.

Justin:é assim que se faz Jason.-ele entrou no banheiro enquanto eu recuei vários passos pra trás com medo.ele me imprensou contra a parede,segurou meu rosto e,senti a ponta da faca quase perfurar minha cabeça.

Justin:o que ela te ofereceu pra fazer isso?-ele gritou.comecei a gritar horrorizada e,tentei lutar pra tirar a mão apertando meu rosto.

Justin:DIZ!-ele gritou mais alto.me contorci na parede não entendendo nada.deixei lágrimas rolarem pelo meu rosto de tanto medo.

Lorena:Jason!-mal consegui pronunciar seu nome.tentei o olhar mas,ele havia fechado a porta.porque ele está deixando esse homem fazer isso comigo?ele teria coragem de,deixá-lo me matar?

continua.....
                

Hi girls!
resisti minha tentação e,está aqui mais um capítulo.espero que tenham gostado pelo menos um tiquinho.
amo vcs,e,obrigada por terem comentado no capítulo anterior.me deixou tão feliz :)
e,se puderem,comentem nesse capítulo também :3
Espero que também tenham gostado da presença do Justin nessa imagine.*-*

Bjs.até o próximo capítulo!

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Safe and Sound-capítulo 7-Surpresa+5° selinho do blog :))


"só diga sim..."

                               Jason Modo On

Parei de rir.

Jason:não seja tonta.-fechei e,tranquei a porta.-até que essa não é uma opção ruim.-ela me olhou com medo.

Lorena:abre a porta!-ela parecia autoritária,mas,seus olhos transmitiam todo o medo que ela estava sentindo.

Jason:Hey?eu só quero te mostrar o que você vai ter que fazer pra mim,sem fugir.

Lorena:eu não posso fazer isso!eu já disse!essas armas não podem ser usadas em mãos erradas.Jason,me escute.

Jason:não.eu quero elas.faça!

Lorena:porquê quer 15?

Jason:porque sim!Ande logo.quer ficar sem almoço?

Lorena:você me prometeu que se eu fizesse o seu projeto iria me manter Bem.

Jason:eu vou fazer o que prometi se você também o fizer!-ela me olhou quase fervendo em raiva e,se dirigiu ao balcão.é claro que eu consegui tirar a munição da arma então,ela não pode nem sonhar em me machucar.

Me certifiquei das minha duas armas imobilizadoras estarem em minha cintura,caso ela tente algo.na noite passada,não dormi.não porque não consegui mas,porque fiquei inseguro dela tentar fazer algo.ainda estou inseguro.

.....

Lorena:estou com fome.-eu também.estamos trabalhando nisso há umas 4 horas.o tempo está nublado,o que não é uma novidade aqui no sul de Londres.vou precisar dessas armas,para o Rick.elas irão ajudar muito ele.

Jason:ok.-a puxei comigo até a porta.não posso confiar de ir na frente pra abrir a porta e,ela tentar me imobilizar com alguma ferramenta do jeito que ela é esperta.quer dizer,só até certo ponto.

.....

a observei se ajoelhar na beira da piscina e,deslizar a mão pela água.Liguei o aquecedor porque,já está começando a fazer frio.Fechei a área aberta de onde ela está pra caso chover não molhar minha cobertura.

Jason:sabe nadar?-Perguntei meio sem interesse.ela negou com a cabeça.Tirei os chinelos,a camisa,a calça e,pulei na piscina.Quando voltei a superfície ela me olhava com os olhos arregalados,envergonhada e,corada.

Jason:vem!-tentei puxá-la mas,ela fez força pra continuar no lugar.ela ainda continua com o pijama.Depois arrumo outra peça de roupas pra ela.

tentei puxá-la pelo calcanhar.ela não cedeu.nadei pra mais perto dela,imprensando as pernas dela na parede da piscina com meu peito.

Jason:eu vou te ensinar.

Lorena:não.-puxei seus braços com força e,consegui a fazer entrar na água.Ela prendeu os braços em volta do meu pescoço enquanto tentava recuperar o ar.ela está muito assustada.envolvi uma mão em sua costas a segurando e,outra me impulsionei pra trás flutuando.

....

Não consegui ensinar ela a nadar.ela é muito medrosa.a joguei uma toalha e,me sequei.

....

ela se encolheu ainda com a toalha de banho no sofá enquanto passava Hora de aventura na TV.ela riu em algumas partes.eu tentei me focar no meu trabalho como empreendedor de porte de armas,mas,sem desfocar minha atenção dela.ela pode dar o golpe a qualquer hora.


.....

Jason:que que é isso?-Andei até o sofá e,desliguei a TV.

Justin:Surpresa!

Jason:Surpresa é o caral*o!Sai!-Apontei pra porta.

Lorena:Jason?-ela vinha atrás de mim.Não é só porque eu não posso desviar os olhos dela que,eu quero ela grudada em mim o tempo todo.dá um tempo né?ela de toalha toda molhada.eu havia saído 5 segundos pra esfriar a cabeça e,olha pra isso.

Jason:Justin,você ouviu.vai embora!-ignorei ela atrás de mim.

Justin:você não pode me mandar embora.Richard não te avisou?

Jason:o quê?-Ele bebeu um último gole da cerveja.

Justin:seu celular ô anta.-quebrei um vaso de vidro na cabeça dele.

Jason:olha como fala comigo na minha casa!-Lorena soltou um grito agudo assim que me viu quebrar o vaso na cabeça do Justin.ele se levantou irado.

Justin:seu c*zão do caral*o!-corri até ele,e ele correu de mim.

Justin:para de ser crianção Jason.acha que só porque é rude é homem o suficiente?

Jason:cala a boca seu merda.

Justin:eu duvido que se não tivesse largado a casa da sua mãe,se alguém tivesse te xingado você não iria correndo pra debaixo da saia dela.-me descontrolei.quem ele pensa que é pra falar qualquer coisa sobre mim?Rapidamente,peguei a cadeira e,taquei na sua cabeça.

Lorena:JASON?!-ela começou a chorar horrorizada.qual o problema dessa garota idiota?perdi tempo olhando pra o escândalo dela que,não percebi Justin avançar em mim e,me socar.pulei em cima dele e,soquei seu rosto até sair sangue de seu nariz.esse viado está me devendo uma surra há tempos.

Agora que,percebi que a Lorena havia quase rasgado minha blusa tentando me tirar de cima dele.

Lorena:Porque você fez isso?-pera aê.ela tá chorando?

Jason:Porque eu quis.para de ser besta,Lorena!porque você tá chorando?parece que nunca viu isso antes.-então me toquei.ela nunca havia visto isso antes.ela deve estar horrorizada.

Olhei para Justin caído com o rosto sangrando quase desmaiando.Peguei o braço dela e,a fiz subir comigo para o banheiro.tranquei a porta e,a mandei terminar de tomar seu banho.Peguei meu celular,o liguei e,li a mensagem.

"Mandei Justin pra aí te ajudar.Preciso de respostas o mais rápido possível.Lorranie com certeza já tem algo em mente.preciso ser mais rápido que ela.sei que odeia o Justin mas,é temporário,eu juro".

continua....
                

Hi girls.Gostaram da aparição surpresa do Justin na imagine?
espero que sim u-u.
Obrigada por quem comentou no capítulo anterior.

Bjs.até o próximo capítulo.

Selinho:

Bom, Ganhei o selinho desse blog.Obrigada Fofa!


Regras!! 

                                - Agradecer a pessoa que te indicou e colocar o link dela no seu blog

                                - Indicar 15  blogs com menos de 200 seguidores

                                - Avisar os blogs sobre a indicação

                                                  - Escrever 7 coisas que você gosta





Indicação!! 

7 Coisa que gosto de fazer: 

1- AMOOOO LER.principalmente,livros.
2-EScrever.eu AMOOO escrever..(KKK'E GOSTAR MAS,TUDO BEM)
3-Eu gosto muito de ouvir músicas.
4-Eu gosto de passear.
5-gosto de fazer teatro.
6-gosto de cantar.
7-Gosto de Dormir :)

sábado, 24 de agosto de 2013

Safe and Sound-capítulo 6-Ruim.

 "Sorria.você está entrando em uma enrascada."

           Lorena Modo On

É uma das sensações dolorosas e,vacilantes.

Lorena:vai com cuidado.-Sussurrei.ele arqueou a sobrancelha por um momento e,Continuou a limpar minha pele ensanguentada e,muito machucada.

Jason:ao menos sabe tomar banho?-Assenti um tanto constrangida.Ele pegou um sabão,e uma toalha de dentro das gavetas da pia e,os me deu.Desci de cima da pia,e,o olhei por uns instantes mas,ele não sabe ler olhares.

Jason:que é?-ele perguntou enquanto guardou o Kit de primeiros socorros dentro da porta da pia.

Lorena:você...pode ficar aqui??Quer dizer,não me olhando,porque eu não quero mas...Tenho medo de,os Ruins entrarem e,conseguirem me pegar.-Meu rosto queimou enquanto eu pronunciei as palavras.Ele foi até o canto da porta e,se virou de costas pra mim.

Lorena:obrigada.-Tirei minha blusa  sentindo ela Prender nas cascas de meus machucados corporais.

Doeu.Na verdade,não teve nada em comparação a tirar a calça.Logo,após tirei meus tênis,minha meia,e,entrei no pequeno cômodo chuveral(Box) liguei o registro e,a água quente parecia triturar meu corpo machucado.

Ok.aquela foi a pior parte.

....

Jason:sai logo daí.-ele berrou do outro lado da porta do guarda-roupa.

Lorena:eu estou quase nua.-afirmei ao olhar novamente a roupa.

Jason:deixa eu ver.-ele fechou a porta do guarda-roupa me fazendo tentar cobrir minhas coxas.Fiquei mais envergonhada do que poderia.

Jason:Na Bruna é mais sexy.com certeza!-não o olhei.

Lorena:não tem outra coisa?

Jason:é isso ou dormir com a Lingerie.o que prefere?-Fiquei abalada com aquela audácia dele.ele parece tão malicioso.não,eu não gosto disso.e,também,não gostei nada das peças íntimas que ele me deu.ele disse que são de uma amiga dele.

Me levantei com o rosto abaixado.ele andou de volta para cama e,terminou de arrumá-la.o quarto onde vou ficar é pequeno e,até que é aconchegante.menos a janela.não gosto dela.E,se um Ruim(Buscador),conseguir entrar?


Jason:a janela tem tranca.-ele disse assim que viu como eu estava olhando pra ela.-vem.

ele deu palmas em uma cadeira.me sentei nela e,ele passo uma pomada pela região machucada do meu rosto,braços e,pescoço.Ardeu muito.Logo após,trancou as janelas,e,me mandou dormir.é claro que ele trancou a porta quando saiu.ele não confia em mim.

....

XxX:Hey?Hey?-essa frase me puxou do sonho horrível.me sinto ensopada,quase tendo um ataque cardíaco,minha garganta dói e,meu corpo treme muito.Recuperei os sentidos.um tanto feliz,porque,o sonho não era real.

Jason estava ajoelhado a minha frente segurando meus braços.entrou uma gota salgada em meus lábios,então,eu havia chorado enquanto sonhava.e,gritado também.

Jason:cê tá legal?-meus dentes rangeram.eu assenti tentando me acalmar.foi só um pesadelo.repeti pra mim.ele continuou a me olhar sem ação enquanto eu me certificara que ninguém havia entrado no quarto.

eu não vou conseguir.deixei as lágrimas escorrerem,tentando evitar chorar escandalosamente.

Jason:ok.foi só um sonho ruim.agora,deita.-ele tentou me inclinar pra trás mas,fiz força pra ficar sentada.

Lorena:eu não vou mais dormir.-não quero ter aquela sensação novamente.não quero mais ter pesadelos.

Jason:para de paranoia.ninguém vai entrar aqui.-ele tentou me deitar novamente.endureci o corpo.se tem uma coisa que não está me acalmando é a voz dele.

Jason:-bufando-ai que droga.-ele puxou mais duas almofadas,e,fez uma cama igual a minha com elas.

Jason:ninguém vai entrar enquanto eu estiver aqui.agora,dá pra dormir?eu tô com sono.-ele me mostrou uma arma.não me ameaçando com ela mas,garantindo que,ele a usaria contra quem tentasse invadir aqui.mas,bem que ele podia tentar ser um pouco menos arrogante.

...

Acordei com ele roncando durante a madrugada.foi engraçado já que,nunca ouvi um ronco antes.não ao vivo.o que me deixou um tanto boba é porque,ele está bem perto da minha cama.

estamos separados por uns 20cm.queria que,estivessemos mais perto já que,eu conseguiria dormir melhor sem medo,mas,não vou abusar.
...
Acordei novamente quando o céu estava dando sinais da manhã.deve ser umas 6:00hs.Observei Jason dormir.minha noite não foi legal já que,acordei de um em um minuto pra certificar que ele estaria aqui.confesso que,meu medo passou mas,não por muito tempo.
...
Algo em seu bolso começou a emitir som.um som irritante.tipo:Bi Bi Bi.ele pegou essa coisa em seu bolso,o desligou e,de supetão olhou pra mim.Meu corpo esquentou,e,desviei o olhar.

Jason:viu?ninguém entrou.-ele disse um tanto zangado e,nervoso por ter dormido nessa cama improvisada.confesso que,essa cama improvisada a qual eu estou também é muito desconfortável.

Lorena:obrigada.-era o mínimo que eu poderia dizer.

...

o segui o resto da manhã.ele não gostou mas,eu estou insegura de ficar em algum lugar sozinha.eu quase tive que forçá-lo a me esperar fazer minhas higienes pessoais.Bom,como não tenho escova de dentes,ele me emprestou seu Glicerine.

Lorena:o que é isso?-apontei para o que estava em meu prato.

Jason:panqueca com calda de caramelo.-o nome parecia bom.percebi que,ele evitava me olhar ao máximo.porquê?

Comi a pequeca e estava muito boa.não costumo comer nada disso.só vegetais,frutas,sucos,carboidratos,e,alguns alimentos integrais.

....

Ele me mostrou a casa toda.ela era realmente grande e,bonita mas,é exatamente grande de mais pra uma pessoa sozinha.

Lorena:você tem família?-meu sonho é ter uma família.não,não gerar uma.ter sido criada com uma.ter recebido amor,carinho,consolo.não viver isolada do mundo e,das pessoas onde,nem posso olhar pra elas sem ser punida.é horrível crescer longe disso.

Jason:isso não é da sua conta.-me senti envergonhada e,um tanto constrangida.custava ele falar só um "eu não quero te falar sobre isso".

Lorena:qual...o projeto?-ele parou de andar no corredor e me olhou.

Jason:dá pra esperar?eu ainda vou chegar lá.-ele desceu de volta ao porão e,eu o segui me sentindo ainda mais constrangida por,ainda usar aquela roupa curta de ontem a noite.ele abriu uma porta de madeira e,minha curiosidade aumentou.

Jason:esse é o projeto.-Havia uma arma superzônica em um balcão e,várias peças ao lado dela.

Lorena:como conseguiu isso?-corri indignada em direção ao balcão.tentei pegar a arma mas,ele me puxou pra trás.

Jason:fique longe disso.

Lorena:isso é altamente perigoso Jason.

Jason:então porque trouxe?

Lorena:porque eu sei usá-la.você quem tem que ficar longe disso.

Jason:você não manda em merda nenhuma.o projeto é isso.produza pelo menos,15 dessas pra mim.15 dessa,e,mais 15 dessa.-Ele tirou o pano de cima das outras duas armas super potentes que eu havia conseguido pegar do P.P.Q.A.

Lorena:você nem sabe usá-las.eu não vou fazer isso.

Jason:você já assinou um contrato comigo.cumpra-o.-ele ergueu o papel o qual eu havia assinado pois,achava que o projeto era algo realmente revolucionário que,iria salvar o mundo.

Lorena:se eu não fizer,você simplesmente não pode me prender aqui.-afirmei ainda com dúvida.ele riu irônico.acho que isso é um "ah eu posso sim".

Continua....
           
                   
           
oi.
não.não tô muito bem.continuo injuriada.
tipo assim,ainda tem gente comentando no último capítulo de The criminal boy.
WTF?
acho que eu já entendi.pararam de visitar meu blog só pq a Jenny morreu no último capítulo.isso dói.
mas,sei lá,na verdade,nem sei ainda pq tô continuando a postar.talvez pelos um ou dois comentários que me deixam ansiosa pra mostrar a Imagine eu fiquei me iludindo há meses.
Bom,mas,eu vou ter mais paciência.obrigada Thais por comentar :D

Bjs.até o próximo capítulo.

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Safe and Sound-capítulo 5-Livre!

     "Você é livre para fazer suas escolhas, mas é prisioneiro das conseqüências."

              Lorena Modo On

Acordei com dificuldade em abrir os olhos.ao menos,o lugar onde estou deitada é macio.

Livre!

não sinto nenhuma parte do meu corpo preso,mas,mesmo assim,dói.meu rosto arde e,nele tem algo grudento.Sangue.Tem sangue também em minha mãos.meu corpo está tão dolorido que mal consigo erguer o rosto.

Aquele homem me machucara muito.senti o pavor,o terror,e o medo me consumirem ainda mais.ele não me matou.disso eu sei mas,será que ele está aqui?será que ele ainda vai me machucar mais?Ainda atordoada com esse pensamentos,um corpo se ajoelhou na minha frente naquele Colchonete.Jason.

Estremeci e,soltei um gemido de Medo.

Jason:shh.-ele escorreu um pano pelo meu rosto com cuidado.segurei o punho dele,amedrontada.porque ele está fazendo isso?

Jason:eu não vou te machucar.eu juro.-sua voz era cautelosa.Olhei ao redor do lugar.era um ambiente sujo,mofado,e,do tamanho de uma sala normal.Tinha alguns colchonetes no chão,garrafas de água e,algumas coisas enlatadas.

enquanto me distraía ele continuou a deslizar o pano em meu rosto o fazendo arder.meu corpo treme porque estou muito fraca,morrendo de fome,sede e,está tão dolorido.

Vi sangue no pano.meu sangue.congelei meus olhos nos dele por uns instantes.ele soltou calmamente seu pulso da minha mão,despejou na mão um líquido Amarelo e,o massageou no meu rosto o fazendo arder mais ainda.

Lorena:Para!-Tirei sua mão do meu rosto por não suportar a dor.-o que você quer?-tentei me levantar mas,foi uma tentativa inútil.

Jason:Tenho uma proposta pra você.-me aquietei por um momento.Ele estava apreensivo e,sua voz era um tanto rude.

Lorena:o quê?-ele se sentou no chão e,dobrou as pernas.me sentei em cima dos joelhos.

Jason:eu achei isso.-ele me mostrou o painel de um tablet.nele,havia uma foto minha,Meu nome inteiro,A data do meu nascimento e da minha morte,e,os elementos que eu já criei.

Jason:e isso.-ele clicou na tela e,um texto apareceu.nele constava o depoimento de um sobrevivente que,conseguiu fugir de lá.Li todo o conteúdo e olhei pra Jason por alguns instantes.

Jason:Eu nunca fiz isso mas,estou tentado a fazê-lo.-seus olhos se prenderam nos meus novamente fazendo meu coração perder o ritmo e,acelerar.Estou nervosa e,ao mesmo tempo ansiosa.

Jason:essa proposta é a seguinte:estou fazendo um projeto e,nada como uma pessoa com memória de três pessoas formadas no campo de ciências,armazenada no cérebro para me ajudar.Se,me ajudar,eu vou....te manter segura.não é isso o que quer?segurança?

Lorena:não é só segurança.-Meu corpo tremeu.não de medo,mas,de fraqueza.

Jason:ok.comida e,um quartinho.-fiquei um tanto confusa.e,se ele estiver me enganando?mesmo assim,eu preciso muito de um lugar pra me esconder.e,se algum informante me reconhecer e,me investigar até conseguir comprovar que eu não morri?

Lorena:eu também quero...liberdade.

Jason:Pra quê?pra passear na avenida e,morrer atropelada?-me aquietei.eu não quero viver infeliz na tal proposta dele mas,eu não tenho opção.Todas as pessoas que conheci até aqui,Foram tão ruins comigo,me machucaram tanto?e,se todo mundo for assim?

Jason:vai aceitar ou não?-ele perguntou impaciente.eu assenti desanimada.Ele pegou uma lata em conserva,a abriu,me fazendo sentir aquele cheiro gostoso.ele comeu um pouco e,o ofereceu pra mim.Comi umas cinco latas daquela e,Bebi umas 3 garrafas de água.

      Jason Modo On


"não tire seus olhos dela por um minuto.Ela pode não ser a Lorranie mas,ainda é perigosa.As duas já podem ter se encontrada e,com certeza,Lorranie a fez fazer algo.A.M"

"Não é só pq vc se meteu em uma dívida que eu vou ter que pagá-la Rick.Vou cobrar caro por ter que mantê-la aqui.A.M"

"Contando que a deixe longe de mim e,da minha família até eu conseguir capturar a Lorranie,Tudo Vale".


continua....

                  

Hi Popcorns!
Td bem?eu tô bem sim.espero melhorar no próximo capítulo.
Bom,Obrigada as lindas que comentaram no capítulo anterior.espero que tenham gostado desse também.
obs:o q acham de eu por gifs nos capítulos daqui pra frente?

Bjs.

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Safe and Sound-capítulo 4-má ideia.+ Quarto Selinho do Blog*o*

      "Porque eu soube que você era problema quando você apareceu"     

                           Lorena Modo On

Não é boa essa sensação.me sinto tão tonta,tão fraca.estou morrendo de fome e,sede.preciso de um banho e,fazer higienes.mais que isso,eu quero tanto sair daqui.sempre imaginei que,quando eu saísse de lá,eu nunca mais iria sofrer ou chorar.iria viver histórias como a Cinderela ou a Bela adormecida.porque não pode ser assim?

ouvi os passos de alguém descendo as escadas.fiquei tensa.era um homem bem alto,mas,sua altura não é nada em relação a sua musculatura.ele segurava um pano em uma mão e,havia álcool em sua outra mão.

ouvi um grito ecoar lá em cima.o Homem andou até a mim,e,tapou meu nariz com o pano,sufocando meu ar e,me fazendo inalar aquele cheiro até eu perder os sentidos..

....

                         Jason Modo On

Acordei assustado.mas que P*rra!eles conseguiram me pegar.estou totalmente amarrado em um lugar escuro.parece uma casa abandonada.ouvi a porta ranger,e,a luz se acender.ela estava ao meu lado.

Rob andou em nossa direção.esse filho de uma p*ta.ele segurava uma faca.Kelvin entrou logo depois.eles andaram na direção da garota.Rob tirou sua mordaça com ignorância.

Rob:Enfim nos encontramos não é Lorranie?-ele se agachou até a garota.fiquei sem entender o que ela tem haver comigo e,com Rob.ele deu um tapa forte no rosto dela a fazendo chorar e,tentar se encolher no canto da parede.

Rob:eu vou fazer você pagar caro pelo o que fez com meu pai sua ingrata.foi graças a ele que você conseguiu sair de lá.-ela negou com a cabeça tremendo de medo.ao menos,acho que vou conseguir algumas informações interessantes para Rick.

ele deu um chute forte em seu rosto a fazendo gritar e,chorar.geralmente,se ela fosse tão mal assim,o enfrentaria.seu nariz e,o canto de sua boca sangravam.e,havia um hematoma roxo em sua bochecha.ignorei a dor do meu corpo todo machucado e,sangrando.

Rob:eu sabia que você não conseguir se esconder por muito tempo.eu não sou a única pessoa que está de olho em você Lorranie.

Lorranie:meu nome não é Lorranie.-ela disse em uma voz baixa,rouca e,tremida.continuei os observando com a dor se intensificando no meu corpo.ele me deu uma surra da braba.

Rob riu.

Rob:ah não?vamos ver.-Kelvin deu-lhe um aparelho quadrado.acho que é um tablet.conectado ao aparelho,havia um Aparelho para digitais.Rob pressionou o dedo da garota no aparelho e,várias informações apareceram na tela do Tablet.

Como ele conseguiu?eu já tentei no dia que ela chegou mas,seu registro e,suas digitais eram desconhecidas.

Rob ficou meio em choque.ele leu todo o conteúdo da tela do tablet e,olhou para a garota.

Rob:-rindo-ok.eu já deveria ter adivinhado que,só uma garota burra,sem experiência nenhuma no mundo,que foi aprisionada a vida inteira,poderia tentar se esconder "deles" na casa de um Mccann.

Ela se encolheu mais sobre a parede.fiquei curioso.

Rob:e,olha só,aqui está constando que você está morta.espertinha não é?mas,deixa eu te falar uma coisa.o mundo aqui fora não é um conto de fadas iguais os livros que seu pai roubou-os pra você.não existem fadas madrinhas,anões,muito menos príncipes.de existir até que existe mas,eles nunca iria querer uma garota burra igual a você Lorena.

A respiração dela ficou ofegante.

Rob:o mundo é cruel.o manualzinho que seu pai te deu não vai te ajudar.nem um pouco.não sei como você conseguiu pegar 3 três,5 navios e,8 transportes públicos sozinha.

Lorena:como sabe?-ela perguntou ainda com medo.

Rob:eu não falei pra me perguntar nada.

ele a deu outro tapa forte no rosto da garota.de onde ela veio?

Rob:Bom,mas,como você não é a pessoa que preciso.vou te executar pra não ter que passar pelas coisas ruins que o mundo oferece.-ele riu sarcástico.pôs álcool em um pano e,o pressionou contra o nariz da garota.ela gritava eufóricamente até cair em um sono profundo.

Rob se levantou e,andou na minha direção.

Rob:agora,vamos resolver as coisas com você sr....-ouvi um disparo que acertou a cabeça de Rob.rápidamente o som de outro tiro ecoou pelo cômodo acertando Kelvin.Drake apareceu com uma cara de vingança.

Drake:acho que depois dessa não te devo mais nada não é?-ele andou em minha direção e,me desamarrou.

Drake:Bora!-me levantei com dificuldade por conta da dor.Andei mancando até a porta e,dei uma última olhada pra trás.para ela.

Drake:cara,nem pense nisso.você sabe quanto problema ela já deu.vamos embora.-ele me puxou mas,fiz força e,voltei pra Pegá-la.

Por mais que eu odiei conhecê-la e,ela só me trouce caus,eu não posso negar que fiquei um pouco mexido com o que ela passou.

Vai que não seja uma má ideia.

Continua....




Oi pops!Sim,eu estou bem e animada.*o*
estou em pensamentos positivos que vou conseguir mais leitoras.
-ou não-mas enfim,espero que tenham gostado do capítulo meio besta.Acho que o próximo vai ser mais legal.
Obrigada a quem comentou.me deixou feliz e,esperançosa :3

Bjs.

Selinho:

                            selinho dado Pelo Blog Imagine Belieber



Regras:
- Escrever 11 coisas sobre o blog 
- Responder as 11 perguntas que foram lhe feitas
Indicar 11 blogs com menos de 200 seguidores
Fazer 11 perguntas pros blogs indicados responderem



------------------  ---------------------------------------------------  ----------------------




11 Coisa sobre o Blog



1- Eu não gosto muito quando alguém da minha sala,sabe do blog ou lê ele.fico com vergonha.
2-Meus pais não sabem que eu escrevo.
3- O blog vai fazer um ano em Dezembro.
4- odeio escrever com alguém olhando.
5-Eu já fiz vários blogs de imagine belieber mas,nenhum deles chegou a um resultado tão bom quanto este com Jason Mccann.
6- Tenho medo de Estar plagiando alguém sem saber.é que já encontrei tantos blogs com as fanfics parecidas com as minhas e,as ideias.
7 - Como todos os sonhos que tenho com o Justin,são muita das vezes estranhos e,Confusos,eu não me inspiro neles.
8- Eu não sei Fazer um layout "moderno" com aquelas fofurites e tals.
9-  Meus cabeçalhos são sempre simples e,horríveis já que meu pc é Windows XP.
10- Eu gostaria muito de Escrever um The criminal boy-2ª temporada 2.0 mas,quase não tenho leitores agora.
11- Sinto falta de ganhar pelo menos 5 comentários a cada capítulo.:(
 -----------------------  --------------------    -------------------------




Respondendo as Perguntas:

 De onde surgiu a ideia para sua primeira fanfic?
Nem eu sei.eu só fui escrevendo e,tendo ideias.

Qual sua musica favorita?
Demi Lovato-Lightweitght 
Um sonho mais louco que já teve?
Sonho de Dormir-eu era uma vendedora de picolé e,o Justin saiu de dentro do meu carrinho cantando Baby.*o*
 Qual seu filme favorito?
Orgulho e preconceito.-assistiria esse filme mais de mil vezes se deixassem.
O que vc mais ama no seu idolo?
Sorriso.
 Um Loucura que você faria pelo seu ídolo?
...
Melhor fanfic que ja leu?
You make me love you.
Uma frase marcante para você?
Geralmente,o que me marca mais,são letras de músicas.ainda não tenho uma frase específica.
Algo que odeia?
Pão com muita manteiga,Dormir sem cheirar algo gelado ou meu travesseiro,odeio barulho que as pessoas fazem quando comem,odeio o barulho que do Papel quando passamos a unha nele,Odeio pessoas que atropelam cachorros,odeio ver minha mãe chorando,odeio quem faz aqueles que amo-Tbm o Justin-Sofrer ou chorar,odeio ser chamada atenção,odeio falsidade....etc.
Algo que ama?
Cheirar coisas geladas,e,Quando o Justin lança músicas novas.mas,primeiramente acima de tudo,acima de minha família e,de tudo o que tenho,Deus.ele é a razão pela a qual estou aqui.
O que você diria para seu ídolo se o visse frente a frente?
 Dizer?!?!
se eu visse "eles" a uns 2 metros de mim eu teria um infarto do coração e morria ali esticadinha no chão.

Blogs que eu indico o Selinho:

Eu não leio muitas imagines pq não tenho muito tempo,na verdade,só duas e,uma delas foi a que me mandou o Selinho.


Minhas perguntas:
As perguntas vão ser essas mesmas que respondi ok?eu não sou muito boa em criar perguntas.*o*